sexta-feira, 23 de dezembro de 2011

Solidão.

Sinto o vazio, a mão da dor me acompanha,  
os gritos da felicidade ouço de longe.
A agonia toma  conta de mim,
e a morte me rodeia.

O que faço? Por que sinto isso?
Sou o fantasma do silêncio?
Pois sou esquecida do mundo,
mas assombro a mente por alguns instantes.

Lúcifer me persegue
e a Deus clamo, Ele me consola  sonhos.
Mas continuo sozinha neste mundo.
Um mundo sem amor para minha mente.

A mercê dos espíritos.
E na agonia da vida de meus irmãos.
Sou lembrada para a perseguição.

Nenhum comentário: