domingo, 18 de dezembro de 2011

Passagem de um diário fantasma.

Querido diário.

Há algumas noites atrás acordei, fiquei tão assustada, uma risada sombria é que me despertou.
Parecia ...
Não podia ser. Mas se fosse? Bem, a melhor coisa seria  perceber que era bobagem  da minha mente sonolenta. Então voltei a viajar pelo mundo das fantasias, pois, mesmo caminhando no vale da morte das sombras há sempre alguém nos guardando para o bem.
O medo que enchia meu corpo de dúvidas havia acabado. E rindo deixei-me levar...

Nenhum comentário: