sexta-feira, 20 de dezembro de 2013

O Calor.



Ah! O calor,
tão leve em seus braços
lábios doces tocando em meus membros
Que me deixam a delirar ocasionalmente

Ah! Que saudade deste calor
onde nas noites estreladas me banhava em seu suor
girando em ondas na sua pele pálida
flutuando no mar gelado de seus olhos 

Ah! o Verão
época de corpos e mentes quentes
dormindo em lençóis vaporosos na madrugada
de amantes exagerados e moderados

Oh! Quem me dera ser
a paixão entre o calor e seu coração
em um longo dia de verão.

Amanda Andrade

domingo, 15 de dezembro de 2013

Superação: a cama que não uso.









Superação andava meio caída
em um sub mundo bem distante do seu
cheio de lençóis amarelados e plantas vivas-mortas
criando falsas doenças em sua mente

Fracassos de sonhos que viram a noite
num abismo de momentos  farsantes
sinto minha identidade se derretendo 
em baixo das cobertas 

Meus lenços de lágrimas
ficam como flocos de neve sobre o chão
causando uma imagem de nojo
saindo das montanhas da solidão

Superação? Meu nome deveria ser outro
Acho que estou mais para Desespero, ou Desalento
apenas supero o caminho até meu banheiro
para voltar segundos depois para meu ....
verdadeiro caos.

Amanda Andrade