quarta-feira, 28 de janeiro de 2015

Yökai


Fios prateados envolvem o seu doce rosto
Fazendo as presas em sua boca de monstro parecer sonhos dourados
Sua voz jovem e forte me encanta a cada letra cantada
Transformando-me em um espirito maligno encoberto por luz

Suas garras afiadas me fazem sentir desejo
Seu cheiro de demônio queima meu nariz ao entrar e dominar meu sangue
Guiando a corrente como um barco das trevas cheio de sombras
Onde só consigo enxergar meu querido e amado yökai

Minha boca geme de vontade de gritar
Ao estar a sua inesperada presença nessa floresta escura
E mesmo assim meus tolos braços querem te abraçar
Por tantas noites de saudades que me fez passar

Meu querido demônio, monstro, espirito de raposa
Deixe-me cavalgar as nuvens ao seu lado
E me leve ao inferno se for à atitude que preciso realizar
Para estar sempre ao seu lado

Amanda Andrade

Nenhum comentário: