Terra da Infância

A Cidade: Lorena                                             

História

A cidade teve sua origem num povoado construído no final do século XVII. Conhecida como Vila de Guaypacaré em 1705. Do ponto de vista administrativo, a freguesia foi criada em 1718 e o município em 1788. Lorena foi elevada a cidade em 1856. Conhecida pelas terra das "palmeiras imperiais", recebeu a Monarquia Imperial Brasileira, desde, D.Pedro I, cujo caminho esta foi para a Proclamação da Independência, e em sua estadia plantou pessoalmente uma das palmeiras da conhecida rua da Palmeiras. Depois recebeu a visita do Imperador D. Pedro II, Princesa Isabel e seu marido, o Conde D'eu, que se hospedaram na suntuosa residência do Conde Moreira Lima.
Lorena ainda no auge dos tempos do café abrigou grandes fazendas com destaque as do próprio Conde Moreira Lima, Barão de Santa Eulália, Barão da Bocaina, Albano José, Capitão Leopoldo Marcondes, Cornélio João da Silva entre outros.

Significado do Nome

Lorena, assim como muitas outras cidades do Vale do Paraíba, chamou-se inicialmente Guaypacaré', nome tupi-guarani que, segundo historiadores, quer dizer braço ou seio da lagoa torta, em virtude de um braço do rio Paraíba ali existente na época, mas, segundo o Relatório da Província de São Paulo, de Azevedo Marques (1887), guaypacaré significa lugar das goiabeiras.

A Bandeira da Cidade
Bandeira de Lorena

O Brasão 

Brasão de Lorena

*Imagens e historias retirados do site da Prefeitura de Lorena

Nenhum comentário: